Deficiência de Boro (B) no Feijão

É um elemento essencial ao crescimento das plantas, participando de viários processos como transporte de açúcares, lignificação, estrutura da parede celular, metabolismo de carboidratos, metabolismo de RNA, respiração, metabolismo do AIA, metabolismo fenólico, metabolismo de ascorbato, além de ter função na síntese da parede celular e integridade da membrana plasmática.

É um nutriente importante na fixação biológica do nitrogênio no feijão. Embora não tenha ação direta sobre este processo, é um elemento que ativa a enzima fosforilase do amido, responsável pela síntese de amido, substância de reserva das sementes, raízes.

Deficiência – Inicialmente os folíolos mais novos tornam-se verde-escuro, com progresso do ápice para a base.

Em seguida, as folhas tornam-se retorcidas, espessas, com as nervuras de tonalidade verde-claro. Após, aparecem pontos necróticos e secamento dos pontos de crescimento. O broto terminal morre. O caule engrossa, podendo apresentar rachaduras. As plantas deficientes não florescem e o crescimento das raízes é seriamente afetado. A água de irrigação que contenha 2 ppm de boro é considerada prejudicial ao desenvolvimento das plantas.

Fechar
Podemos te ajudar?

Escolha uma das opções:

Fale com a Cibele Acessar a CibraStore Formulário de Contato Receba nossa Newsletter